CÂMARA MUNICIPAL DE Ponte Serrada - SC

ATA Nº CM 029/2017

Aos quatro dias do mês de Setembro de dois mil e dezessete, às dezenove horas, nas dependências do Legislativo Municipal, reuniram-se os senhores vereadores para reunião Ordinária da Primeira Sessão Legislativa, da Décima Quinta Legislatura da Câmara Municipal de Vereadores, com a presença dos seguintes membros: Abel Conrado, Adenir Freitas, Edivan Antonio Panizzi Evandro Pavan, Julio Cesar Páglia, Marcelo Tadeu Wrubel, Milena Aparecida da Silva, Rúbia Caroline Wrubel e Gilson Damaceno Presidente da Mesa, que cumprimentou a todos os presentes, e sob a proteção de Deus, declarou aberta a sessão, convidando o vereador Evandro para proferir a leitura de trecho da Bíblia Sagrada, prosseguindo com a leitura da Ata da reunião anterior, aprovada por unanimidade. Após fez-se a leitura do Expediente do Dia, sendo: Parecer ao Projeto de Lei nº 016/2017: A COMISSÃO DE FINANÇAS E ECONOMIA, obedecendo o que determina o Art. 204 da Resolução nº 019/90, referente Projeto de Lei nº 016/2017 - DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE PONTE SERRADA PARA OS EXERCÍCIOS DE 2018/2021 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS, após decorrido o prazo estabelecido no Art. 203 da mesma Resolução, não tendo sido apresentadas Emendas, apresenta PARECER DEFINITIVO , manifestando-se FAVORÁVEL a íntegra do Projeto de Lei. O referido Projeto de Lei, será incluído na Ordem do Dia da próxima sessão, para votação em dois turnos. Pedido de Informação nº CM 020/2017, solicitado pelo Bloco Parlamentar Ponte Serrada Merece Mais; Pedido de Informação nº CM 021/2017, solicitado pelo Bloco Parlamentar A Força que Faz a Diferença. Indicação nº CM BP PSMM - PAVIMENTAÇÃO ASFÁTICA, apresentada pelo Bloco Parlamentar Ponte Serrada Merece Mais. Requerimento da servidora Rosana Aparecida Uliana Rossi, solicitando a liberação de 04 ( quatro ) diárias para participação do 4º Encontro de Contadores e Controladores Públicos, que será realizado em Balneário Camboríu no período de 20 à 22 de setembro de 2017, bem como a indenização de despesas com deslocamento, conforme Art. 4º da Resolução nº CM 060/2016, com veiculo Placas - MLZ 5939. Ofícios do Poder Executivo Municipal: nº GP 0270/2017, encaminhando cópia do Balancete do Município de Ponte Serrada e Fundo Municipal de Saúde, referente o mês de julho/2017; nºs 271, 272, 274, 275 e 277 respondendo as Indicações apresentadas pelos senhores vereadores. Ofício nº 276/2017 respondendo ao Pedido de Informação nº CM 017/2017. Convite para as solenidades da Semana da Pátria. Passando a Ordem do Dia, com a presença de todos os senhores vereadores, o Presidente colocou em discussão para 2ª Votação, Projeto de Lei nº 013/2017 - AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A RECEBER POR DOAÇÃO UMA ÁREA DE TERRAS, CONFORME ESPECIFICA, foi aprovado por unanimidade. Em discussão para 2ª Votação Projeto de Lei nº 017/2017 - ALTERA A REDAÇÃO DO ARTIGO 1º, INCISO II, DA LEI Nº 2.307 DE 19 DE JULHO DE 2017 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS, o Presidente explicou que este projeto refere-se a desafetação de uma área atrás da ervateira Tiecher, onde terá a abertura de uma rua, em parte do loteamento para que consigam edificar algumas casas. Que este projeto veio com um pequeno erro e está sendo corrigido. Nada mais comentou-se, aprovando-se por unanimidade em 2ª Votação. Também em discussão para 2ª Votação Projeto de Lei nº 018/2017 - AUTORIZA O MUNICÍPIO A REALIZAR CESSÃO DE BENS PÚBLICOS EM COMODATO COM A ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES DO RIO DO MATO, CONFORME ESPECIFICA, a sessão de 01 (um) TRATOR AGRICOLA NEW HOLLAND - MODELO TT4030, COR AZUL, SÉRIE Nº TS7CR400239, IDENTIFICAÇÃO Pat/SAR Nº 18597; 01 (um) COLHEDORA DE FORRAGEM COM4 ROLOS ALIMENTADORES MARCA NOGUEIRA, MODELO NEW PECUS SH, SÉREI Nº BCBGO24953, IDENTIFICAÇÃO Pat/FDR Nº 1586; 01 (um) DISTRIBUIDOR DE ADUBO ORGÂNICO LIQUIDO MARCA IPACOL 6000L, SÉRIE Nº IP710151120, IDENTIFICAÇÃO Pat/FDR Nº 1428. O vereador Edivan explicou que este projeto trata da cessão de equipamentos as comunidades de Rio do Mato e Granja Berté, que já foi discutido na reunião passada, e que no final do mandato passado, conseguiram alguns implementos agrícolas e alguns foram destinados para estas comunidades, antes de ter a associação formalizada, a qual foi feita com a colaboração do senhor Chrystian Cagliari. E no mandato passado juntamente com os vereadores Abel, Evandro e Olivo correram atrás dos implementos e máquinas. E agora ficam satisfeitos dos vereadores terem buscado um trator junto ao Deputado Esperidião Amim, e este trator pelo que parece, vereadores Adenir, Marcelo e Presidente, este trator está indo para a comunidade de Rio do Mato. Que é uma satisfação para quem acredita e incentivam a agricultura de Ponte Serrada. Que haverão de fazer muito para a agricultura. Que outros grupos de máquinas serão constituídos. Que neste mandato já conseguiram quatro tratores, um de uma Emenda do Deputado Esperidião Amim, um de uma Emenda do Deputado Valdir Colatto, e lhe parece que é um do Deputado Moacir Sopelsa e outro da Secretaria Estadual da Agricultura, do qual também, hoje é gerida pelo Deputado Moacir Sopelsa. Que já tem um pedido junto ao Deputado Valdir Colatto de uma patrulha agrícola completa, na ordem de quase quinhentos mil reais, de um pleito já formado pelo Executivo, e espera que Ponte Serrada seja agraciada com esta patrulha agrícola completa. Que precisam melhorar os incentivos e os trabalhos na área agrícola. O Presidente da Mesa, falou da satisfação em estar votando este projeto, que sem dúvida alguma está auxiliando aqueles agricultores, e sabem que a agricultura é a maior fatia do bolo que retorna ao município, e nada mais justo que o Executivo e os vereadores se empenharem para melhorar a qualidade de vida e do trabalho dos agricultores, sabem que o agricultor usa muito pouco o serviço público, freqüentam a secretaria de saúde e de assistência raramente, só se realmente necessitam, e ficam satisfeitos quando tem uma ação como esta de auxilio, pois sempre trabalham para toda comunidade, toda cidade, e ficam contentes em contemplar esta classe batalhadora que muito representam ao nosso município. Nada mais foi comentado, aprovando-se por unanimidade em 2ª Votação. Em discussão para 2ª Votação Projeto de Lei Complementar nº 006/2017 - DISPÕE SOBRE A ORGANIZAÇÃO DA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO GOVERNO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Presidente explicou que este projeto já foi explicado pelo senhor Prefeito na reunião anterior, e nada mais é, que organizar a estrutura do município. Que existem vários cargos de confiança que não são lotados, e até com um acordo feito pelo Ministério Público, para diminuir estas vagas e criar alguns cargos que não existiam, como Diretor de Escola e CEIs, pois até pela dificuldade em encontrar pessoas para assumir estes cargos, devido a inexistência do cargo de Diretor o qual desvalorizava a função sendo mais viável permanecer na sala de aula. Nada mais foi discutido, aprovando-se por unanimidade em 2ª Votação. Deliberado pelo plenário, dispensou-se a Votação em Redação Final, dos projetos aprovados em 2ª Votação. Em discussão para 1ª Votação Projeto de Resolução nº CM 003/2017 - ACRESCENTA ALÍNEA dNO ART. 2º DA RESOLUÇÃO Nº 064/2017, CONFORME ESPECIFICA. O Presidente explicou que este projeto de Resolução refere-se a uma adequação na Resolução nº CM 065/2017, a qual regulamenta as diárias dos senhores vereadores. Nada mais comentou-se, aprovando-se por unanimidade em 1ª Votação. Em discussão Indicação nº CM BP PSMM 017/2017, o vereador Abel disse que apresentam esta Indicação, para que o Poder Executivo Municipal, viabilize a pavimentação asfáltica na Rua Paralela a BR 282. Que o calçamento desta rua não está em boas condições de trafegabilidade, e considerando que a mesma acessa vários locais de grande importância ao nosso município, como a Área Industrial, Bairro COHAB, colégio e CEIs, Cemitério local, Ginásio de Esportes, estabelecimentos comercias e empresariais e outros, entendemos que seria viável e necessário a pavimentação desta Rua, pelo grande fluxo de veículos que trafegam pela mesma, iniciando das proximidades do antigo Hotel Favretto até o final da Rua, nas proximidades do Trevo do Posto Ligeirinho. Que esta rua está muito danificada, incluindo tubulação e meio fios, são vários os motivos que precisam melhorar esta rua, também pessoas que passam, que precisam parar para refeições e entram pela paralela, não voltam mais. Que também tem o investimento na BR 282, na execução da terceira faixa, e nos trevos fica mais perigoso, sendo mais um motivo para dar condições de trafegabilidade pela paralela. Conta com os votos dos vereadores para aprovação desta indicação. Sabe das dificuldades de conseguir os recursos, que já foram a busca para pavimentação asfáltica, são em torno de três Km e hoje custa na faixa de um mil reais por metro. Dando em torno de três milhões de reais. Mas tem que ir a luta, tentar ajudar o município e a administração, para que isso aconteça, e conta também com a ajuda do Poder Executivo. O vereador Adenir deixou seu voto favorável, e disse que isto é um sonho de todos os moradores, em ver esta paralela asfaltada, sabe do grande custo da obra. Também sobre a paralela que sai das proximidades da Empresa Marcon, indo até a Empresa do Segalin, vê que no momento que concluírem a terceira faixa, quem vem de Xanxerê para cá, em alta velocidade, pode encontrar caminhões carregados, pesados saindo pela BR. Até agora o que impedia era alguns tubos e liberação do DNIT. Que já fizeram toda escavação, a terra que sairia da BR seria para aterro de espaço nas proximidades, mas já concluíram a terceira faixa e nada foi feito. Espera que nada aconteça, pois na subida não se vê quando os caminhões saem do acesso da Mecânica para a BR, e em alta velocidade não segura os carros pequenos que vem na direção deste acesso. Pediu encarecidamente que o Poder Executivo reveja junto ao DNIT para resolver esta situação. Dando melhor acesso e evitando acidentes. O vereador Marcelo parabenizou os vereadores pela Indicação acha que todos podem dar seu empenho para realizar esta paralela, que no acesso a Mecânica ficará perigoso, como também nos acessos aos trevos ficará. Lutando juntos conseguirão fazer esta paralela. Sobre o acesso às mecânicas, esteve em uma reunião com prefeito e empresários, que está tentando um trevo, e pede para que aguarde um pouco, e segundo o prefeito se o DNIT não fazer ele o fará. Estão aguardando e que na medida do possível agilizarão. O vereador Edivan, fez uma correção dizendo que o trator vindo do Deputado Esperidião Amim, era uma emenda represada ainda de 2015. Falou da dificuldade em pavimentar toda a paralela, disse que é quase impossível conseguir três milhões de reais em emendas. Que já tem o projeto, desde o início do mandato do Antoninho e Tibe, via recursos do DNIT, praticamente a sete anos, só o projeto na época custou em torno de cento e cinqüenta mil reais, que foi pago pelo município. Que o projeto ficou parado, e esta obra que é tão importante ao município, não avançou e infelizmente não se tem noção alguma de que vai sair dentro daquele projeto. Apresentaram a Indicação, para que pudessem buscar emendas junto aos deputados e senadores, até mesmo do Governo do Estado e Governo Federal, mas talvez que pudessem fazer a primeira etapa que é do trevo principal, até no trevo do Limberguer. Também tem uma preocupação muito grande sobre a questão da terceira faixa, porque além da situação levantada pelo vereador Freitas, hoje para quem chega nas duas rótulas, não se tem mais acostamentos, só tem pistas. Na confecção desta terceira faixa, os acostamentos irão diminuir ou acabar, pelo menos de um lado, e o povo tende a usar as paralelas, por isso a importância em pavimentar, para que o nosso povo que reside em Baia Alta, utilize mais as paralelas, mas para isso tem que dar condições de trafegabilidade. Até mesmo o pedestre tende a andar pelo acostamento da BR do que pelas paralelas. É uma questão que tem que ir buscar recursos, que fizeram um projeto para pavimentação de uma rua de quatrocentos e trinta metros, com um custo de quatrocentos mil reais. Que este custo é total, com as redes pluvial e fluvial. Toda estrutura que envolve e precisa ser feito, senão o asfalto acaba durando muito pouco. Disse que citaram a preocupação das empresas as margens da BR, que estão tentando pelo menos incluir neste projeto atual a inclusão do trevo no Ligeirinho. Que no projeto inicial, sequer havia o trevo, e infelizmente há uma burocracia quase que intransponível, do DNIT, são dezenas de viagens e pedidos, e para conseguirem um tubo sequer, é muito difícil. Pouco ou quase nada havia no projeto inicial para Ponte Serrada, mesmo passarelas, rotundas, trevos etc. Estão tentando pelo menos o trevo de acesso a Ponte Serrada e Passos Maia, e se conseguirem o trevo, por hora estas empresas terão um acesso um pouco mais seguro. Nada mais foi discutido, aprovando-se por unanimidade a Indicação. Nos termos do Art. 139 do Regimento Interno da Câmara, o Presidente colocou em Votação Pedido de Informação nº CM 020/2017, bem como Pedido de Informação nº CM 021/2017, sendo ambos aprovados por unanimidade, consecutivamente. Escrito na Palavra Livre, o vereador Júlio cumprimentou a todas as pessoas presentes, e como citado pelo vereador Edivan dos trabalhos feitos na propriedade do senhor Martinelli, citou o trabalho feito na propriedade do senhor Wilson, que foi uma família que saiu da cidade, e efetuou um belo trabalho na propriedade, trazendo renda ao nosso município. Convidou a toda a população para se fazer presente no dia 07 de setembro, dia da independência do Brasil, um dia muito importante de nosso país, onde teremos um desfile com a participação de várias instituições e gostaria da presença de todos. O vereador Abel parabenizou o vereador Chrystian pela patronagem do CTG, uma grande entidade, de uma grande tradição de nosso município, onde promove grandes eventos. Parabenizou-o pela coragem, pela vontade, em enfrentar a Diretoria desta entidade, pois hoje poucas pessoas tem esta vontade. Que é difícil trabalhar gratuitamente em alguma entidade. Parabenizou o senhor Peroza pela organização do Baile da Terceira idade no final de semana. Parabenizou o pessoal da APAE em nome do Presidente Valmir Zancanaro pelo almoço realizado no domingo no Centro Comunitário, agradecendo também a todos que participaram. Reforçou o convite para participação do Desfile Cívico no dia 07 de setembro em frente a prefeitura municipal de Ponte Serrada, onde terão mais de trinta entidades que participarão. Também reforçou o convite para que todos participem das missões que está ocorrendo em nosso município, um evento muito importante para renovação da fé. A vereadora Rúbia, cumprimentou a todos os presentes, falando da motivação dos vereadores quando tem a participação da população nas reuniões. Que ficou muito satisfeita quando viu uma noticia da ADEASC, que trata da procedência da regularização da decisão judicial do lar legal no município de Ponte Serrada. Na COHAB IV e V, muito em breve nos próximos dias, as pessoas que aderiram ao programa chamado Lar Legal, que foi uma parceria da Administração passada juntamente com o governo do Estado, onde agradeceu o Deputado Marcos Vieira e seu Assessor Sandro Fávero, que se empenharam muito em 2013, para que este projeto fosse possível, onde celebraram este convênio onde o município de Ponte Serrada iniciou este projeto de regularização fundiária, e, uma das áreas escolhidas até por prioridade, foi o Distrito de Baía Alta, ou seja, as comunidades da COHAB IV e V são as primeiras que estarão recebendo nos próximos dias os seus títulos de propriedade, e é uma satisfação muito grande em tratar deste assunto, pois esta vereadora batalhou muito para que isso acontecesse. A partir de agora, aqueles que eram apenas posseiros de suas áreas, vão passar a ser proprietários. Vão receber seus títulos de domínio, de propriedade. A escritura pública que é um sonho. Isto o deixa muito feliz, porque vai além de melhorar a qualidade de vida das famílias que vão receber este título, também melhora o imóvel, a qualidade do imóvel, o valor aquisitivo do imóvel, proporciona aos moradores empréstimos facilitados junto aos bancos, porque eles conseguem oferecer seu imóvel em garantia, além de infinitos benefícios que trará aos municípios que aderiram. È importante agradecer a todos aqueles que acreditaram no nosso trabalho, que acreditaram na administração passada, e ressaltou a importância deste trabalho que se iniciou em 2013, que esta administração atual deu continuidade, mas os méritos destes primeiros títulos são da administração passada, com muito empenho e dedicação, e é por isso que quer agradecer todos os envolvidos neste projeto. Lamenta a repercussão negativa que este projeto teve o ano passado, principalmente no período eleitoral, com criticas, com frases mentirosas, onde os adversários diziam que nada tinham feito, que não tinham nem protocolado as ações, e naquele momento isso trouxe muito prejuízo a este projeto, porque a própria parte do Lar Legal e a parte atingida pelo tornado, a empresa acabou abandonando todo o processo judicial por falta de pagamento. Alguns moradores desacreditaram no trabalho da empresa, de toda equipe da prefeitura envolvida, e isso trouxe prejuízos grandes, pois aqueles que pagaram e acreditaram logo estarão recebendo os títulos de propriedade, e aqueles que por alguma má influência destas pessoas negativas, ruins de coração, maldosas, acabaram não aderindo este projeto e hoje ficarão em desvantagem por aqueles que pagaram. Mas de um modo geral, é importante que se agradeça ao setor de engenharia, ao servidor Mauricio Mendes, ao setor de tributos, Roni e Rosi, que também não mediram esforços para que este projeto saísse do papel, também ao Conselho de habitação da época, que elencou as propriedades que foram feitas, a secretaria de Assistência Social que deu toda estrutura para que este trabalho fosse iniciado. Agradeceu ao ex prefeito Duda que apoiou e incentivou e que por diversas vezes ajudou muito, não apenas com seu aval, mas auxiliando juridicamente, para que este projeto tivesse andamento, tivesse severidade. Agradeceu a ADEASC por todo empenho e comprometimento, porque é graças a este, que as famílias vão receber este titulo de propriedade. Só esclarecendo com relação a situação atual, a parte que mencionou do Lar Legal e a parte que foi atingida, esse processo todo parou, mas a noticia boa é que a Adeasc fez um pedido juntamente com o município para que o judicial, assuma este processo de onde ele está hoje, e acreditam que logo estas áreas em breve serão contemplados, com estes títulos de propriedade. Que foi difícil, foi sofrido, toda equipe sabe, nunca ninguém se pesou para ir a busca, e o beneficio que isso trará agora, não tem preço que pague. Espera que estas pessoas que fizeram todo esse trabalho que se iniciou em 2013, e que esta administração e estas famílias vão receber os frutos, que possam fazer parte desta cerimônia de entrega destes títulos de propriedade, como reconhecimento deste trabalho que foi feito com muito carinho e muito empenho. O vereador Adenir voltando o assunto, sobre o trevo no Ligeirinho é muito importante, mas o que está solicitando é o trabalho na paralela que em um ou dois dias de serviço conclui. Que sabe o quanto demora a tramitação legal para se fazer um trevo, pois acha que de momento deve sair esta paralela mesmo assim não impedirá o trevo. Disse a vereadora Rúbia que esta mesma dificuldade que a vereadora encontrou na época das eleições, também encontrou no Bairro Moroso, com conversas que era só um papel, que não havia sido protocolado, e assim muitas pessoas não pagaram seus boletos, e vê que no momento em que começarão a sair as escrituras, as pessoas que não pagaram, não sabe se poderão parcelar, negociar com a empresa, vão acreditar. É uma pena, pois pegou o período eleitoral e muitos deixaram de pagar por não acreditar que era verdade. E quem pagou certamente estará recebendo. Que em conversa com o prefeito sobre o assunto, o mesmo disse que o juiz assinará as escrituras de todo bairro, para todos os moradores, mas quem estiver em débito não receberá. Vai ter que acertar com a empresa para retirar sua escritura. É muito triste muitas pessoas não tinham condições na época, mas foi parcelado em vinte e quatro vezes, talvez fosse muito para alguns, pois são pessoas humildes, mas muitos deixaram de pagar. Está aí a prova, vai sair, mas para ter os documentos em mãos, tem um custo. Mas infelizmente algumas pessoas deixaram de pagar por não acreditar. A escritura estará ali, e quem não pagou, terá que pagar para retirá-las. As pessoas que o indagaram a explicação está aí, e se colocou a disposição para qualquer indagação. A vereadora Milena, cumprimentou a todas as pessoas presentes na reunião, e que vem nesta tribuna, trazer uma grande noticia a toda nossa comunidade, de grande relevância, que a Rádio Nambá nesta semana dá um grande passo na comunicação, e passa a ser a Nambá FM 92,7 . Quem ganha é a comunidade, nossa região, quem ganha é Ponte Serrada. Que a Rádio é pioneira, trinta e oito anos prestando serviços a nossa comunidade, e com mais qualidade, chegando a municípios que não tinha abrangência, levando o nome de Ponte Serrada a toda região. Parabenizou a todos os sócios que acreditaram na Rádio Nambá. Que não pode deixar de registrar, pois para muitos pode até parecer pequeno pois é indagada diariamente por muitas pessoas na rua, pela cor da casa do povo, pela cor da Prefeitura Municipal que recebeu uma cor forte, uma cor vermelha, e analisa a bandeira do município todo dia, e predomina o azul e o branco, e a prefeitura recebe o vermelho. Se o prefeito quis agradar os colorados, descontentou os gremistas. Acha que não era o momento de reformar a prefeitura municipal, gastar o dinheiro público nesta reforma, em sua opinião e ponto de vista. Tem tantas coisas para fazer no município, e pediu aos vereadores que levem ao questionamento do senhor prefeito, se foi feito uma entrevista de opinião pública, uma pesquisa da cor da prefeitura municipal, acredita que não foi feito. A prefeitura sempre foi de uma cor neutra, sempre predominando a cor da bandeira, e o surpreende a cor forte que foi usada na prefeitura municipal, é a primeira vez na história do município de Ponte Serrada. Tem tantas coisas, como os postos de saúde que não tem sequer um banco na área externa, não tem uma guarita, ficam aguardando no sol, na chuva para esperar abrir os postos de saúde. Não tem isso e já foi indicado por sua bancada para que isso se resolva. Mais uma vez o dinheiro público é mau investido em nosso município com esta reforma, onde não era a hora, e de uma cor, que não seja mau interpretada, e que amanhã não saia na mídia uma nota de esclarecimento mau escrita, que é desta forma que esta administração está trabalhando. Que venham conversar pessoalmente, mas é a cor predominante de alguns partidos políticos. Pediu que repensem a forma que está sendo investido o dinheiro público em nossa cidade. Que possam esta semana viver a Independência do Brasil. O Presidente da Mesa, disse que foi indagado por várias pessoas sobre a limpeza e manutenção do cemitério público municipal, e já falou ao senhor prefeito desta preocupação da comunidade de um modo geral, pois falta um zelador no cemitério, onde o prefeito falou que tão logo se faça a reforma do Ginásio de Esportes de Baia Alta, o qual terá que ter também uma pessoa que cuide, esta mesma pessoa cuidará também da manutenção do Cemitério Público Municipal. Então para todos os munícipes que sabem que o cemitério se encontra em uma situação de abandono, segundo o prefeito o mesmo estará contratando uma pessoa para esta finalidade. Quanto a indicação sobre a pavimentação da paralela, onde é um assunto de muita importância, também levantado pelo vereador Freitas a questão da paralela, frisou a importância da paralela da Mecânica do Segalim até o posto Ligeirinho. Que é uma obra mais burocrática do que o dispêndio de recursos, pois tem apenas um córrego para se fazer a tubulação, acredita que em um ou dois dias de serviço se faz a paralela e futuramente se fizer o trevo, independente disso, a segurança dos caminhoneiros que sai do Segalin é necessária e fazendo esta paralela, que é de um desprendimento de recursos pequeno, haja visto a segurança que trará a todas as pessoas que trafegam pela BR 282. É uma obra pequena mas de grande importância. Quanto a pavimentação da paralela, se não conseguir de momento toda ela, que se faça uma parte, é o sonho de muitas pessoas estas paralelas, como também era a pavimentação asfáltica do CTG que também era um sonho daquela comunidade. Infelizmente não se conseguiu a pavimentação em toda extensão da rua, mas em parte dela, com um investimento em torno de um milhão de reais. Mais um passo desta ou outra administração que se consiga finalizar. Que a administração se tem um projeto muito amplo, grande, tem que se fazer em etapas, não importa, se não termina nesta administração, termina na próxima, pois os prefeitos e vereadores passam, mas o município e as pessoas ficam, e as obras tem que dar continuidade. Não é porque a obra é de determinada administração, que não é importante. Que se tem a obra do Hospital Municipal que já foi iniciada a um bom tempo, que ainda não está terminada, a administração passada muito investiu, a atual está investindo e ainda existe um desafio muito grande para acabar a obra e equipar, dar condições de funcionamento. Achou muito importante as colocações do vereador Edivan, que se não for feita toda ela, que se faça uma parte. Assim por diante. Reforçou o convite para o Desfile Cívico a partir da 08.00 horas da manha, são trinta e dois pelotões que farão parte, de vários segmentos da sociedade. Desejou sorte ao senhor Crystian no mandato da patronagem do CTG.

Nada mais a ser tratado, e nenhum outro vereador escrito na Palavra Livre, o Presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente reunião na qual Eu Tânia Maria Frighetto, redigi a presente Ata lavrada nos termos do Art. 104 da Resolução nº CM 019/90 de 14.12.1990, que após lida e aprovada será assinada pela Mesa Diretora.

APROVADA EM 11.09.2017

PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE

1º SECRETÁRIO 2º SECRETÁRIO

Publicado em: 12/09/2017
Acessos: 181
Publicado por: Tânia Maria
Facebook Twitter Google+ Addthis