CÂMARA MUNICIPAL DE Ponte Serrada - SC

ATA Nº CM 027/2017

Aos vinte e um dias do mês de Agôsto de dois mil e dezessete, às dezenove horas, nas dependências do Legislativo Municipal, reuniram-se os senhores vereadores para reunião Ordinária da Primeira Sessão Legislativa, da Décima Quinta Legislatura da Câmara Municipal de Vereadores, com a presença dos seguintes membros: Abel Conrado, Adenir Freitas, Edivan Antonio Panizzi Evandro Pavan, Julio Cesar Páglia, Marcelo Tadeu Wrubel, Milena Aparecida da Silva e Gilson Damaceno Presidente da Mesa, que cumprimentou a todos os presentes, e sob a proteção de Deus, declarou aberta a sessão, proferindo a leitura de trecho da Bíblia Sagrada, prosseguindo com a leitura da Ata da reunião anterior, aprovada por unanimidade. Após fez-se a leitura do Expediente do Dia, sendo: Ofício nº 255/2017, encaminhando Projeto de Lei nº 018/2017 - AUTORIZA O MUNICÍPIO A REALIZAR CESSÃO DE BENS PÚBLICOS EM COMODATO COM A ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES DO RIO DO MATO, CONFORME ESPECIFICA. Parecer: O RELATOR DA COMISSÃO DE FINANÇAS E ECONOMIA, obedecendo o que determina o Art. 201, § 3º da Resolução nº 019/90, referente Projeto de Lei nº 016/2017 - DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE PONTE SERRADA PARA OS EXERCÍCIOS DE 2018/2021 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS, após análise do Projeto, apresenta PARECER PRELIMINAR , manifestando-se FAVORÁVEL a íntegra do Projeto de Lei. O referido Projeto de Lei, voltará à Comissão de Finanças e Economia para recebimento de Emendas durante seis dias úteis. Indicação nº CM BP AFFD 027/2017 - MELHORIA NA RUA ADÃO TOBIAS e Pedido de Informação nº CM 018/2017 ambos apresentados pelo Bloco Parlamentar A Força que Faz a Diferença. Passando a Ordem do Dia, com a ausência justificada da vereadora Rúbia, o Presidente encaminhou as Comissões para Parecer Projeto de Lei nº 018/2017. Após colocou em discussão para 1ª Votação Projeto de Lei nº 015/2017 - AUTORIZA O MUNICÍPIO A CELEBRAÇÃO DE TERMO DE FOMENTO COM A ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE PONTE SERRADA/SC, CONFORME ESPECIFICA, o vereador Gilson passou a Presidência ao Vice-Presidente para discutir o Projeto nº 015/2017, e que foram procurados a algum tempo atrás pela Diretora e membros daquela entidade da APAE, relatando as dificuldades que os mesmos enfrentam a algum tempo, e embora sempre trabalhando de uma forma honesta e parceira com o município, chegou um tempo que a APAE precisa de um auxílio para continuar oferecendo o trabalho que vem prestando, e cuida de muitas pessoas de nosso município. E em conversa com o Prefeito e vereadores desta casa foi levantado a questão da aprovação de uma lei que já havia sido aprovada nesta casa que era do repasse de R$ 2.500,00 mensais, para aquela entidade. E em algumas conversas com o prefeito e direção, ficou acordado que o município iria disponibilizar destes recursos em parceria com a Câmara de Vereadores, que devolveria dos recursos que sobram desta casa, ao Executivo para repassar a entidade para ajudar nas despesas. Que na oportunidade ficou acordado que a Câmara contribuiria com R$ 10.000,00 referente o ano de 2017, e a partir do ano que vem, faria um repasse no qual se verificaria no setor contábil qual a quantia. Que o prefeito municipal viabilizará R$ 1.500,00 mensais, sendo sete mil e quinhentos. Este ano então será repassado R$ 17.500,00 a APAE, mas o Projeto vem para que seja repassado até trinta mil reais, para que o ano que vem, como já estamos no segundo semestre, passe um projeto de Lei novamente para esta casa, para autorização do repasse. É um projeto simples, mas de grande importância para aquela entidade, e parabenizou a APAE e sua diretoria pelo grande trabalho que fazem em prol daquelas crianças e adultos que necessitam de seus atendimentos. Pediu aos seus colegas que se posicionem favoravelmente, que visitem aquela entidade, pois tem certeza que só a visita e ver a forma que é trabalhado naquela entidade, dá um novo ânimo, uma nova vida a pessoa que vai visitá-lo. Parabenizou os vereadores Adenir, Marcelo, Milena e Rúbia que sempre quando viajam a Florianópolis, já em duas oportunidades lograram êxitos junto a seus deputados, para ajudar a APAE. Da mesma forma os demais vereadores que sempre quando viajam buscam recursos não só para aquela entidade, mas para outros também. Pediu a compreensão de todos para se posicionarem favoráveis ao projeto. A vereadora Milena deixou seu voto favorável, a uma entidade que tem um valor tão grande, tão significativo em nossa comunidade. Que nesta semana é a semana do excepcional, as atividades começarão amanhã, e não tem dinheiro que pague, ver a alegria daquelas crianças, e hoje a nossa APAE, aqui da região é uma das mais equipadas, e isso os orgulha muito. São aproximadamente oitenta e cinco crianças e adultos que são atendidos por aquela entidade, com psicólogo, terapeutas, professores todos formados na área de educação especial, uma diretoria sempre empenhada, isso é muito importante. Importante para nossa comunidade, para o município, e principalmente nesta semana do excepcional, com este dinheiro que vai ser repassado em parceria com a Câmara de Vereadores, junto com a administração municipal, em seu ponto de vista, é um valor ainda simbólico para uma instituição tão importante, mas de momento é o que a câmara pode oferecer a esta entidade. Que já se colocou a disposição como vereadora que irá se empenhar cada vez mais, tanto para a APAE como para o Lar dos Velhinhos, que são duas instituições que abraça a causa. Que este dinheiro também será para instalação elétrica da sala de massas, que foi todo trifásico, e eles já estão trabalhando. Que é uma instituição muito importante e pediu o voto favorável, pois com certeza é uma causa nobre. O vereador Abel disse que é favorável a este projeto, parabenizou a Administração Municipal e também o Legislativo, pela elaboração deste projeto, onde o prefeito já havia comentado sobre este repasse para a APAE, onde é um dinheiro muito bem aplicado, que as pessoas fazem um ótimo trabalho, visitou várias vezes aquela entidade, pois só assim para ver o grande trabalho que é feito. Que várias crianças com dificuldades motoras começaram a caminhar na APAE, que teve pessoa na família que foi muito ajudado com terapeuta , enfim todas as crianças e adultos que lá são atendidos. Quanto o trabalho que são feitos pelos excepcionais, é gratificante, não tem dinheiro que pague, ver a felicidade daquelas pessoas quando consegue ajudar. Que é favorável a este projeto, e quanto mais puder ajudar, melhor. Que hoje a nossa APAE vem melhorando de ano a ano comparada a outros municípios, pediu aos demais vereadores que votem favoráveis, pois este dinheiro está sendo muito bem aplicado. O vereador Adenir deixou seu voto favorável a este projeto, sabe da grandeza que é este trabalho, talvez o valor não seja suficiente, mas vai ajudar. Que conversando com o Presidente da Diretoria e direção, este valor ajudará muito na parte elétrica da implantação da padaria, então o repasse será de grande ajuda. Que visitando a APAE, nota-se que as crianças querem um pouco de carinho, um pouco de atenção, é muito gratificante, e é por este motivo que quando viaja vai em busca de recursos para a APAE junto aos deputados, pois são pessoas que precisam, freqüentam a APAE. Deixou seu voto favorável e pediu a seus colegas que também o façam. O vereador Edivan deixou seu voto favorável ao projeto por entender a necessidade de aprovação do mesmo, em virtude do grande e belíssimo trabalho que é feito pela APAE aqui de Ponte Serrada. Cumprimentou o Presidente da Diretoria e em nome dele a todos os demais integrantes, pois sempre fala da dificuldade em ter pessoas em diretorias, e na questão da APAE as dificuldades são ainda maiores. Sabem que além da melhora da formação intelectual do aluno, há também um grande trabalho de inclusão social destes alunos freqüentadores da APAE, e entende que as pessoas que lá começam a freqüentar, como falou o vereador Abel, as pessoas conseguem mais rapidamente se inserir em nossa sociedade, e na maioria das vezes superando esta dificuldade que infelizmente lhe foi atribuída. O trabalho social a estas pessoas dá também um amparo a estas famílias, que também se vêem em uma dificuldade muito grande em tocar a vida adiante, com um filho com algum tipo de deficiência. Que a APAE tem suprido isso, junto ao seio da família, junto ao seio da sociedade, e a verdade é, que é um trabalho humano muito bonito que é feito, o qual só tem que lisonjear e parabenizar este trabalho da entidade, como também das famílias que são conhecedoras daquele trabalho, que incentivam seus filhos, que levam a APAE, que disponibilizam esta oportunidade, e assim as pessoa conseguem viver de uma melhor maneira em nossa sociedade. Sobre o Projeto, encaminhado pelo Executivo em parceria com o Legislativo, que tiveram no passado em 2009 e 2010, uma parceria muito grande entre Executivo e Legislativo, onde conseguiam repassar uma parte do duodécimo, a entidades, citando como exemplo aos universitários e técnicos agrícolas. Que fica feliz em saber que neste mandato estão conseguindo fazer esta parceria entre estes dois poderes, como o Presidente falou que irá repassar ainda este ano dez mil reais, onde o Executivo imediatamente repassará para a APAE, o Executivo também repassará sete mil e quinhentos reais, totalizando este ano R$ 17.500,00. No mínimo este valor, tem certeza que entrará nos cofres da APAE. Falou do empenho do Executivo de uma VAN adaptada para cadeirantes, que já foi licitado, já foi comprado, que está na fase de adaptação, para que as pessoas que tem algum tipo de deficiência física, possam então entrar e sair deste veiculo. Que em conversa com o prefeito, no máximo até o mês que vem, será entregue esta VAN a APAE, um projeto do Executivo em parceria com alguns vereadores aqui desta casa. Que o Poder Executivo teve inúmeras reuniões com a Diretoria da APAE, que foi cogitado de que o município repassaria os valores para que a APAE contratasse seus servidores, onde Diretoria da APAE, preferiu não fazer uso deste dinheiro, e que os funcionários continuassem sendo do município, cedidos para a entidade. Que o Executivo e Legislativo são parceiros da APAE, querem sim que aquele trabalho possa sim fluir, e sabem que é preciso recursos, e este valor ajudará muito no desempenho daquelas atividades. O Presidente lembrou que em 2012, quando era Presidente Jurandir de Souza Bueno, fez um repasse de trinta mil reais na oportunidade, para aquisição de um veículo quatro portas, que até hoje faz o transporte dos alunos, registrou e deixou seus agradecimentos ao ex vereador e ex presidente desta casa. Nada mais foi comentado, aprovando-se por unanimidade em 1ª Votação. O Presidente informou que na próxima reunião, quando o projeto for aprovado em 2ª votação, já será repassado ao Poder Executivo o valor de dez mil reais e convidou os membros da Diretoria para se fazerem presentes, onde estenderá também o convite ao Prefeito Municipal, onde poderá explicar como fará o repasse a entidade. Em discussão Indicação nº CM BP AFFD 027/2017, a vereadora Milena disse que vem discutir esta indicação, solicitada pelos moradores da Vila Pouso dos Tropeiros, pois boa parte da Rua adão Tobias é asfalto, e uma parte é estrada de chão. Que este trecho de estrada de chão está intransitável, que o vereador Adenir conversou com o secretário de obras, sabe do empenho do secretário que está no interior trabalhando, mas que seja dado um caminho melhor, com mais dignidade aquele povo, para que possam melhor transitar naquela rua. Que seja então cascalhada e patrolada, principalmente em frente a casa de Dona Vilma Chances, que está intransitável. Que seja melhorada o mais breve possível, que aquela comunidade agradece muito. O vereador Adenir disse que deixa seu voto favorável a indicação, também a subscreveu, que conversou com o Secretário Berté. Também falou sobre a estrada da comunidade de Baia Baixa, onde explicou a data provável que estará indo consertar alguns pontos da estrada. Que as máquinas estão acabando o serviço na Costa do Irani, após virão ao CTG e 25 de Maio, e após a estrada de Baia Baixa. Aos moradores de Baia Baixa disse que estas são as palavras do secretário, que dentro de uns quinze a vinte dias, estarão recuperando a estrada que sai em São Valentim. É desta forma que fará seu trabalho, sempre conversando com o secretário para ver onde estão as máquinas e que direção estarão tomando. Pediu que os demais vereadores também votem favoráveis. O vereador Abel disse que é favorável a indicação, que esteve também na rua Adão Tobias, olhando a estrada e conversando com várias pessoas sobre o assunto, moradores do CTG, e também falou com o secretário e com o Prefeito Municipal, que dêem uma atenção especial nesta rua, onde está necessitando sim de melhorias. O secretário relatou que dentro de oito a dez dias, estará fazendo as melhorias nesta rua, para oferecer melhor trafegabilidade aos veículos e moradores. Pediu um pouco de paciência, que em breve o secretário estará efetuando os trabalhos. Tem outras comunidades agendadas até retornar a estrada de Baia Baixa. Nada mais foi discutido, aprovando-se por unanimidade a indicação. Nos termos do Art. 139 do Regimento Interno da Câmara, foi posto em Votação Pedido de Informação nº CM 018/2017, foi aprovado por unanimidade. Conforme Parecer do Relator da Comissão de Finanças e Economia o Projeto de Lei nº 016/2017, ficará em pauta pelo período de seis dias úteis para recebimento de emendas. Escrito na Palavra Livre, o vereador Edivan, cumprimentou a comunidade de São Valentin, e falou novamente do término do trabalho de captação e distribuição de água daquela comunidade. Que teve a oportunidade de ouvir a reunião da semana passada, e a parte onde relatava o assunto daquela comunidade não foi ao ar, e por isso retorna ao mesmo assunto. Informou a comunidade de São Valentim, e conversando hoje com o Secretário Municipal de Agricultura, o colocou de que o Poder Executivo tem somente um trator de esteira, e a demanda por serviço é muito grande. Se tivessem três, haveria serviço para os três, mas tem só um e tem que atender a todos. Quanto a comunidade de São Valentim que algumas vezes já sofreu com a falta de água, principalmente a água que é consumida pelos animais, aves e suínos. Que aquela comunidade tem uma produção muito grande nas áreas de suinocultura, avicultura e leiteira. Que o secretário informou que o município ainda tem o compromisso da abertura de uma estrada, até o ponto onde será captada esta água, em terras do senhor Olimpio Páglia, depois de aberta a estrada para que possam ter acesso a captação, tem o serviço de retroescavadeira, em torno de três mil metros, fazendo um valo para colocar os canos para distribuição da água, em terras do senhor Jandir Kohls. Que os moradores da comunidade de São Valentim e o Poder Executivo, agradecem pelo entendimento e discernimento destas duas famílias de que a água é o bem da vida, e que todos precisam. Deixou registrado que o trator de esteira tem ainda serviço de dois dias para encerrar serviços de terraplanagem nas casas que serão construídas em parceria com o Poder Executivo e a Defesa Civil, atrás da COHAB, próximo a Ervateira Tiecher. Serão construídas vinte e oito casas, com recursos da casa civil, em parceria com o Executivo. Correndo dentro do esperado, quinta feira o trator descerá até a comunidade de São Valentim, para iniciar e finalizará este serviço que é fundamental para esta comunidade. Cumprimentou a todos os moradores, são dez famílias que precisam desta água para aumentar e manter a produção. Que o município conseguiu gratuitamente estes canos da CASAN, já estão depositados no município, o que falta é somente algumas horas de máquinas. Será uma grande obra para aquela comunidade, da mesma forma que foi feito em Baia Baixa, o município capta, trata e distribui a água para melhorar a produção. E até o final do mês quem sabe se possa fazer um ato que simbolize a entrega daquela água. Parabenizou a Secretaria Municipal de Saúde, que este ano já foram realizadas em torno de vinte e cinco cirurgias de cataratas, que a administração tem a intenção de realizar mais dez cirurgias este ano. Que na reunião passada trouxe uma informação, e houve falas após o comentário destas cirurgias que o município está realizando, e naquela oportunidade foi dito que as cirurgias são feitas com recursos do estado, mas não, todas estas cirurgias foram feitas com recursos próprios do município, sendo que o estado não participou com nenhum centavo nestas cirurgias. Há uma previsão de que o estado mande algum recurso ou que o mesmo pague as próximas cirurgias, e o município só fará o cadastramento e o encaminhamento. Que o município tem trabalhado para diminuir a fila, são sabedores que são dezenas de pessoas que ainda tem esta necessidade, estas cirurgias fazendo particular, não se consegue por menos de cinco mil reais. Que esta administração tem feito um grande trabalho na área da saúde, querendo ou não, a saúde melhorou muito nesta gestão, e continuarão investindo. O vereador Abel parabenizou a comunidade de 25 de maio, pela grande festa, em nome da diretoria agradeceu a todas as pessoas que organizaram, e a população que participou, embora tenha ocorrido um mau tempo. Convidou a todos para participarem das missões capuchinhas que iniciará em 30 de agosto, pelas comunidades de Linha Fátima, São Valentim, Granja Berté e Linha Alegre. De 02 a 04 de setembro nas comunidades de Linha Liberato, Ressaca Alta e São Luiz. De 05 a 08 de setembro nas comunidades de São Lourenço, Santa Terezinha, Baia Baixa, 25 de maio e Baia Alta. De 09 a 15 de setembro, Bairro São Sebastião, Antonio Páglia, Bairro COHAB e Matriz. Que a mais de vinte anos isso não acontece e convidou a todos indistintamente que participem. O vereador Adenir esclareceu, e que ouvindo atentamente o vereador Edivan falar da entrega documental e da água de Baia Baixa. Fez um pedido a pessoa responsável que marcou esta reunião em Baia Baixa. Ocorre que quando os vereadores viajam já entra na pauta na segunda feira, onde todos ficam sabendo. Gostaria de se fazer presente em todas as reuniões possíveis no interior, e por isso pede que ao marcarem reuniões que verifiquem a pauta dos vereadores, pois ficou sabendo da reunião quando já estava viajando, e todos sabiam da viagem. E quando fizerem uma reunião no interior, para entrega de uma máquina ou qualquer outra coisa, este vereador gostaria de estar presente. Quanto secretaria de saúde, mais uma vez vem aqui falar, não da quantidade de recursos, mais ou menos, mas sim da forma que vem sendo conduzidas as pessoas. Que foi procurado por uma pessoa que teve ameaça de infarto, fez exame, precisava retornar ao médico particular, a sorte que tem trinta dias para retornar, chegando lá, com este exame, havia infartado de novo, já havia feito cirurgia. Pessoa que paga médico particular, com exame feito através da secretaria de saúde, são coisas pequenas que ocorrem. Também lembrou de quando os moradores da comunidade de Baia Baixa, mandavam vídeos da situação dos ônibus que transportavam as crianças, com muitos problemas. Havia muitas reclamações, falaram com o prefeito, o assunto foi resolvido. Muitas vezes são cobrados, e falam que querem atrapalhar a administração, jamais. Que ocorreu mais um acidente, foi de muita sorte nada ter ocorrido com os alunos, mas foi grave. Não sabe se tem a culpa de alguém, se tiver que seja esclarecido. Citou exemplos de empresa que faz um check list, que é uma lista de verificações dos veículos que a cada seis meses tem que ter um aval de um mecânico, da parte básica, freio direção e outros, e o mecânico assina, se não estiver em dia, não assina. E desta forma que pensa, tem licitação para manutenção, tem, mas só quando quebra. Gostaria que todos ficassem consciente que não vão a oficina só quando quebra. Pediu que vejam quem fiscaliza a manutenção destes veículos que façam vistoria periódica, não só quando quebra. Jamais usará espaço nesta tribuna para fazer uma critica neste sentido. Que o funcionário fez o que podia, o cara tem que ser bom, não sabe o que realmente ocorreu, foi cauteloso. Pediu ao Poder Executivo que reveja a forma de manutenção e prevenção. Pediu a administração e a pessoa responsável por esta pasta que cuide, para prevenir antes de acontecer. E quando forem a oficina que o mecânico assine, que vistoriou em tal data e estava tudo certo. Tendo o mesmo também sua responsabilidade. As empresas estão adotando esta forma e hoje em dia, é difícil isso ocorrer. A vereadora Milena quanto ao Pedido de Informação nº CM 018/2017, disse que o veiculo refere-se a um microônibus que transportava as crianças e que vinha da comunidade do Adami para Ponte Serrada, e que na última semana houve um acidente. Que pode ocorrer com qualquer um, mas prevenção sempre é bem vinda. Que realmente sejam feitas estas revisões, principalmente de veículos da Educação e Saúde, e na parte da Educação, quando envolve crianças. Que graças a Deus nada de grave ocorreu, podiam estar lamentando uma fatalidade, o motorista realmente fez o que pode, mas alguma coisa ocorreu neste ônibus, ou já estava com defeito antes, algo tem. Que realmente as manutenções sejam feitas mais seguidamente, não somente quando quebra. Falou que visitou alguns bairros de nossa cidade e de forma bem irônica até, tem alguns vereadores que quando usam esta tribuna, ou não moram e Ponte Serrada, só vem na segunda feira, ou não entende o que ocorre. Ta tudo fácil, ta tudo certo, tudo cem por cento. Se sabe que não está. O relato do povo não é este. Tem que ser realista pelo que estão passando, não fechem as portas, sejam mais gestores que políticos, porque não são políticos como foram na época do pleito eleitoral. Agora fecham as portas para o povo, que feio esta situação. Chamou muito a atenção quando a colega vereadora usou uma frase aqui dizendo: gestores públicos, no mínimo entreguem o patrimônio público com condições de uso. Assina embaixo para cobrar todos os gestores, mas também encarecidamente pede que os gestores não fechem as portas para nosso povo e nossa gente. Tem melhorias tem, mas tem muito descaso, na Educação, na saúde, nas promessas políticas que não estão sendo cumpridas, e o nosso povo está a deriva. Não é Alice no país das maravilhas. Seja mais realistas, nossa cidade não está cem por cento, cumpram pelo menos as promessas políticas. Quanto a água de São Valentim que daqui a alguns dias será inaugurada, vai ter algum ato solene, que possam estar presentes sua bancada. Que ficou muito chateada, não sabe se foi ou não proposital, estavam viajando na semana retrasada, e foi feito um ato de inauguração, não entende o porque, porque aquela obra foi feita quando o então prefeito era o Antoninho Rossi, foi reinaugurada a obra, e não estavam presentes. Para esta vereadora ninguém ligou, sabiam que os vereadores de sua bancada não estavam na cidade, queria estar presente. E que quando fizerem algum ato solene em São Valentim, que no mínimo os convidem. Se não querem a presença destes vereadores, no mínimo por respeito. O Presidente da Mesa comentou que gosta deste espaço para fazer elogios , mas o entristece quando vem aqui fazer alguma critica, mas este é o seu papel, pelo qual foi eleito, e muitas vezes tem que dizer algumas verdades que dói. Que ouviu o vereador Edivan falar que a Secretaria de Saúde, melhorou nesta gestão, não vai discordar, mas fez um relato da Secretaria de Educação, a qual nunca esteve tão mau administrada como está nestes últimos oito meses. Desde o início deste ano, é um episódio em cima do outro, é licitação no valor de trezentos mil reais em papel toalha que é cancelado, escolha de aula que é cancelada, escolhas de aulas as escuras, no sábado, cancelada pelo Ministério Público e agora por negligência, e por irresponsabilidade, quase que nosso município foi alvo de uma tragédia. Que passou alguns minutos depois onde o ônibus sofreu o acidente, em uma reta, e como bem falou o vereador Freitas, o motorista teve muita prudência, para que não ocorresse uma tragédia, foram apenas danos materiais. Dá para se dizer, uma manutenção simples, onde qualquer mecânico poderia ter identificado o problema que ocorreu, que foi a quebra de um pivô, onde o condutor perde a direção, não consegue manter o veiculo na posição desejada, fica desgovernado, e por sorte não invadiu a pista contrária, o que poderia ter atingido outro veiculo. Eram mais de vinte crianças entre seis e dez anos, imaginem o tamanho , a proporção da tragédia. Não quer errar, mas não sabe se custa duzentos reais o pivô de uma barra de direção. Não precisa ser mecânico para detectar este problema, que trabalha com caminhão e sempre quando para, da uma conferida nos pivôs da barra de direção, são duas peças pequenas e passa a percepção de algum defeito, e pode trazer um grande risco, causando acidente. Pede ao prefeito que reveja a situação da Secretaria da Educação, primeiro porque não tem uma secretária de educação, se pergunta o porque dessa situação, o porque a mesma ainda não era nomeada como secretária, é um desrespeito com a população de nosso município. A secretaria de Educação, é a secretaria que mais detém recursos, é obrigada a investir vinte e cinco por cento do montante que vem ao município, lá se trabalha com quase cinqüenta por cento da folha de pagamento do município, que estão trabalhando nesta pasta,e vê, que não está sendo tratada com responsabilidade. Que quando se faz um elogio, se sente melhor, quando ouve o vereador Edivan falar da Secretaria de Saúde, tem ouvido algumas reclamações, mas de modo geral está andando, mas a Educação, não se passa um mês, todo mês tem um episódio negativo daquela secretaria. Pediu que transmitam ao senhor prefeito que repense da forma que está sendo conduzida aquela secretaria. Nada mais a ser tratado, e nenhum outro vereador escrito na Palavra Livre, o Presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente reunião na qual Eu Tânia Maria Frighetto, redigi a presente Ata lavrada nos termos do Art. 104 da Resolução nº CM 019/90 de 14.12.1990, que após lida e aprovada será assinada pela Mesa Diretora.

APROVADA EM 28.08.2017

PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE

1º SECRETÁRIO 2º SECRETÁRIO

Publicado em: 28/08/2017
Acessos: 195
Publicado por: Tânia Maria
Facebook Twitter Google+ Addthis