CÂMARA MUNICIPAL DE Ponte Serrada - SC

ATA Nº CM 007/2018

Aos vinte e seis dias do mês de Março de dois mil e dezoito, às dezenove horas, nas dependências do Legislativo Municipal, reuniram-se os senhores vereadores para reunião Ordinária da Segunda Sessão Legislativa, da Décima Quinta Legislatura da Câmara Municipal de Vereadores, com a presença dos seguintes membros: Abel Conrado, Adenir Freitas, Edivan Antonio Panizzi, Evandro Pavan, Júlio Cesar Páglia, Marcelo Tadeu Wrubel, Milena Aparecida da Silva, Rúbia Caroline Wrubel e Gilson Damaceno Presidente da Mesa, que cumprimentou a todos os presentes, e sob a proteção de Deus, declarou aberta a sessão, convidando o vereador Adenir para proferir a leitura de trecho da Bíblia Sagrada, prosseguindo com a leitura da Ata da reunião anterior, aprovada por unanimidade. Após fez-se a leitura do Expediente do Dia, sendo: Indicação nº CM BP AFFD 011/2018 - PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA e Indicação nº CM BP AFFD 012/2018 - MELHORIAS EM PISTÕES DE TIRO, ambas apresentadas pelo Bloco Parlamentar a Força que Faz a Diferença. Ofício nº GP/ADM 05/2018 respondendo ao Pedido de Informação nº CM 005/2018. Ofícios numerados de GP/ADM 018/2018 , GP/ADM 019/2018 GP/ADM 20/2018 GP/ADM 21/2018 GP/ADM 22/2018, GP/ADM 23/2018, GP/ADM 24/2018, GP/ADM 25/2018 e GP/ADM 26/2018, respondendo aos Pedidos de Informações nºs CM 008/2018, CM 009/2018, CM 010/2018, CM 011/2018, CM 012/2018, CM 013/2018, CM 014/2018,CM 015/2018 e CM 016/2018 respectivamente. O vereador Evandro nos termos do Art. 128, inciso II, letra a do Regimento Interno da Câmara requereu os áudios originais das sessões ordinárias, bem como os áudios enviados para a emissora de rádio. Entendem que sua bancada está sendo cerceada, vereadores: Julio, Edivan Abel e Evandro. Estão sendo cerceados no tempo da palavra livre, e mais uma vez vem requerer. Outro ponto é que a Secretária se atenha a ler o expediente sem comentários, como diz o regimento interno. E este vereador, vereador Evandro pede a Vossa Excelência, que siga o Regimento nas questões das indicações e projetos, para que não se desvie mais do assunto da proposição. Que na reunião passada, deixou de discutir uma indicação, pelo fato da discussão não estar de acordo com o assunto apresentado. E alguns vereadores saíram do contexto. Requer que nas discussões dos projetos e indicações se atenham no assunto apresentado. O Presidente da Mesa respondeu que a questão dos áudios, estão disponíveis no site da câmara, na forma que aqui é gravado. E para a emissora de rádio vai um resumo da sessão. Além dos vereadores está disponível para toda população os áudios originais. Quanto a questão da rádio, não tem obrigação de arquivá-los, é bom que os vereadores se atenham, e os que se acharem prejudicados, gravem, pois o original está no site da câmara. Quanto aos desvios de assunto, acha que está sendo paciente e colaborador porque vê até que todos os vereadores fogem do assunto. Inclusive na última reunião o vereador iniciou a discussão que tomou um rumo diferente na sessão. Isto serve para todos os vereadores que desviarem o assunto nas discussões das indicações e também dos projetos. Passando a Ordem do Dia, com a presença de todos os senhores vereadores, o Presidente colocou em discussão para 2ª Votação Projeto de Lei nº 002/2018 - AUTORIZA O MUNICÍPIO DE PONTE SERRADA A SUBSCREVER E HOMOLOGAR ACORDO E CONFISSÃO DE DIVIDA E COMPROMISSO DE PAGAMENTO PARA O FGTS, CONFORME ESPECIFICA, foi aprovado por unanimidade. Deliberado pelo plenário dispensou-se a Votação em Redação Final deste projeto. Posto em discussão para 1ª Votação Projeto de Lei nº 004/2018 - DISPÕE SOBRE A RATIFICAÇÃO DAS ALTERAÇÕES REALIZADAS NO CONTRATO DE CONSÓRCIO PÚBLICO DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO OESTE DE SANTA CATARINA - CIS-AMOSC, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O vereador Julio, disse que este projeto é uma adequação do CIS-AMOSC, fazem vários anos que o município faz parte deste consórcio, é pago mensalmente, o que traz grandes benefícios para a saúde de nosso município. É um consórcio que ajuda nos exames de especialidades, ajuda na compra de remédios e cirurgias em várias áreas. É apenas uma alteração feita em assembléia geral, amparados pela Lei Federal 11.107 em seu Art. 12. É totalmente favorável pelos benefícios que este consórcio traz aos nossos munícipes. Nada mais comentou-se, aprovando-se por unanimidade em 1ª Votação. Em discussão para 1ª Votação Projeto de Lei nº 005/2018 - AUTORIZA O CHEFE DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL A EFETUAR A DOAÇÃO DE EQUIPAMENTO A POLICIA CIVIL DO ESTADO DE SANTA CATARINA, CONFORME ESPECIFICA, o vereador Abel, disse que este projeto visa a doação de equipamentos de informática e um balção a Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, para o uso em nosso município. Que estes equipamentos foram adquiridos mediante recursos provenientes de convênio, entre o governo do estado de Santa Catarina, Policia Civil e esta municipalidade. Que os equipamentos serão utilizados no setor de trânsito da policia civil. Que este projeto tem que passar por esta casa, pois vem através do município, e a partir do momento de substituir, ou estar em desuso, retorna ao município. Seu voto é favorável. Nada mais comentou-se, aprovando-se por unanimidade em 1ª Votação. Em discussão Indicação nº CM BP AFFD 011/2018, a vereadora Rúbia disse que esta indicação trata da conclusão da pavimentação asfáltica na Rua Adão Tobias, na Vila Pouso dos Tropeiros. Que a bancada justifica que parte desta rua não tem pavimentação, dificultando os acessos nas residências, que também estão precisando de serviços de tubulação. Sugeriu ao senhor prefeito, que possa estar buscando recursos a fundo perdido para que se conclua o calçamento paralelo a este asfalto que já foi feito na administração passada, e da mesma forma que se busque recursos para conclusão, deste calçamento que já foi feito e da pavimentação que falta fazer. Esta obra tem como finalidade melhorar a trafegabilidade tanto de veículos como das pessoas, oferecendo uma comodidade maior, principalmente para todos os moradores. Que sua bancada foi procurada por muitos moradores daquela comunidade, e várias pessoas tem comentado que esta rua está em uma condição intransitável. Está muito difícil trafegar tanto de a pé como de carro na parte que não foi feito asfalto, e pediu ao Executivo que olhe para esta comunidade com o mesmo olhar da administração passada, que fez a pavimentação. Segundo os moradores esta também é uma promessa de campanha da administração passada. Pedem a continuidade do asfalto, e pediu a comunidade que cobre dos gestores o término desta pavimentação. Pediu o voto dos vereadores e o empenho do Executivo em finalizar esta obra. O vereador Adenir, disse que não se cansa em falar, pois se cada prefeito fazer um pouco as coisas podem melhorar para o nosso município. Como foi dito pelo Presidente, que a administração passada, foi uma das administrações que mais fez asfalto, mas não competindo quem fez mais ou menos, mas que se façam melhorias nestas ruas, pavimentando-as, e nada mais merecido que o CTG também. A metade está concluído, a comunidade pede o asfalto até seu final, e a indicação solicita as melhorias necessárias inclusive a conclusão da pavimentação nesta rua. Nada mais foi discutido, aprovando-se por unanimidade a indicação. Em discussão Indicação nº CM BP AFFD 012/2018, o vereador Marcelo, disse, que apresentam esta Indicação, para que o Poder Executivo Municipal através da Secretaria competente proceda as melhorias necessárias nos pistões de Tiro do Clube. Que hoje tem oito pistas precisam ter doze pistas, pois será realizado um grande evento, uma prova a nível nacional, onde terão atiradores de São Paulo e Santa Catarina, passando de quinhentos mil reais em premiação, serão sorteadas mais de trinta armas a quem estiver competindo. Trará muito beneficio ao município no setor hoteleiro e restaurantes. Haverá também a sétima Etapa Catarinense de Tiro Prático, trazendo também centenas de atiradores nesta etapa. Haverá segunda Etapa Caratinense de Armas Longas será em dezembro, em Ponte Serrada e sempre estão levando o nome de Ponte Serrada para fora. Pediu ao Executivo que dê uma atenção nesta indicação, que proceda as melhorias necessárias, são poucas, mas são de grande porte, será muito importante para o clube estas competições, as melhorias trarão mais comodidade as pessoas que vem de fora, e as do município também. Pediu que todos os vereadores aprovem esta indicação. Nada mais foi comentado, aprovando-se por unanimidade a indicação. Escrito na Palavra Livre, o vereador Evandro cumprimentou a todos os presentes na casa, e disse que vem discutir um assunto onde alguns vereadores falam aqui, pois uma mentira uma inverdade falada nesta tribuna várias vezes, se torna verdade. Que muito se ouviu de vereadores aqui nesta casa, em um montante que quando o Tibe e a Fernanda assumiram o município, encontraram em conta quatro milhões de reais. Que este vereador gosta de falar embasado em documentos, sempre que vem aqui o vereador tem imunidade, pode falar o que quiser, mas foi a fundo ver a questão dos quatro milhões. Primeiro que não é quatro milhões, que o montante que tinha em contas no município quando assumiram é de R$ 3.921.761,00. Só esta diferença já dá um carro muito bom. Uma mentira para quatro milhões são oitenta mil reais. Para este vereador já é um grande valor. E deste valor o Tibe e a Fernanda tinham exatamente, dinheiro para investir R$ 787.373,00. Esse é o valor livre. Recurso livre. Que pode se comprar remédio, pneu, combustível, manutenção de veiculo. Destes 787, nosso município recebeu duas parcelas do governo federal, de repatriação, de R$ 545.000,00. Uma na administração passada e outra que faz parte dos 787 mil, que tirando R$ 545.000,00 sobra R$ 242.000,00 . Mas tinham uma dívida para pagar de INSS em 10 de janeiro, de R$ 250.000,00 que foram pagos pelo atual prefeito. A prefeitura ia encerrar as contas da gestão passada para esta no vermelho. Mas havia este dinheiro e foi investido como bem falou o prefeito Tibe aqui em audiência, aqui nesta casa, e ainda reportada pelo site Oeste Mais, no dia 30.01.2017. Onde o prefeito explicou o que tinha em caixa, em recurso livre, e o que tinha de recursos vinculados, era para pagar contas que ainda não haviam sido pagas, como por exemplo, asfalto no CTG. Asfalto em Baia Alta, prestação do colégio Antonio Páglia, parte das mangueiras da feira. SC Rural, equipamentos de educação. Esses eram os recursos vinculados, e ficaram dívidas também, como INSS patronal da gestão passada. R$ 818.635,40 , quatro meses atrasados, que foram parcelados em oitenta vezes pela atual administração. Também dívidas de outras gestões, mais de dois milhões, votaram e aprovaram na semana passada, também dividido em sessenta vezes. Dividas com a COHAB, divida antiga, R$ 104.000,00 Somando R$ 3.122.000,00 de dívidas. Isso é documentado, é fato. Somando dívida de FGTS com dívidas de ex funcionários, passa de cinco milhões a dívida do município. O município desembolsa hoje mais de cinqüenta mil reais mensais, para pagar as prestações de contas atrasadas e algumas votadas aqui nesta casa. Resumindo, o que o prefeito fez com o dinheiro que ficou, pagou as contas do ex prefeito. É fato e notório. E muitas vezes são questionados, e hoje estão aqui os dados sobre o que está falando. Para esclarecer dúvidas, resolveu ir a fundo nestas contas para que não se fique falando inverdades aqui nesta tribuna, e que se desminta um pouco dos grandes valores do que diziam que se tinha da administração passada e que se fez alguma coisa. Que a administração Tibe e Fernanda conseguiram ano passado para conseguir fazer investimento na cidade, e que se tem investimento foi porque se correu atrás junto aos seus representantes. Falou sobre um grande encontro de vereadores e prefeitos do MDB da AMAI, e neste encontro discutiram sobre futuras alianças, sobre eleições, e de cargos. Estavam presentes várias lideranças, entre elas o atual Secretário da SDS de nosso estado, Adenilson Biazus. Que é uma secretaria muito importante em nosso estado, é estratégica e parabenizou o vereador Edivan pelo convite para assumir a Secretaria Adjunta do Governo do Estado, onde o mesmo ficou para dar uma resposta. O vereador Abel, cumprimentou a todas as pessoas presentes, e agradeceu o convite da Sicoob, onde ocorreu um encontro na última quarta feira, no Centro de Convivência dos Idosos. Parabenizou em nome do Presidente Abílio Mantovani e do Vice Presidente Sandro Poletto, todos os funcionários da cooperativa pelo trabalho aos cooperados e pelo jantar oferecido. Convidou a todos para se fazerem presentes mais uma vez da encenação da morte e Ressurreição de Cristo que será no morro da cruz. Que este ano alguma coisa foi melhorado, foi incrementado para fazer um trabalho melhor que ano passado. Parabenizou o vereador Edivan pelo convite para ser Secretário Adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável de SC. Gostaria que aceitasse o convite, mas o mesmo tem sua vida particular, seu trabalho, sua vereança. O vereador Edivan, cumprimentou a todos os presentes, e se reportou sobre as palavras do presidente, onde a câmara não dispõe dos áudios que são enviados para a Rádio Nambá, pediu que as palavras do Presidente conste em ata, pois já fizeram por duas vezes um pedido nesta casa. Inclusive fizeram um pedido ao próprio MP de Ponte Serrada, na oportunidade onde o mesmo disse que encaminharia um ofício a esta casa, pedindo que seja disponibilizado a todos os senhores vereadores cópia dos áudios que são encaminhados para a Rádio. Como não é de fazer nada escondido, e as coisas são sempre as claras, amanhã vai ao MP. Gostaria de já levar as palavras do Presidente na questão de disponibilização dos áudios, e também, irá tratar no MP de uma outra situação, que fica constrangido em trazer aqui. Mas se podem ouvir as reuniões, primeiro é feito uma série de indagações, uma série de acusações,e no momento que sua bancada vem dar a resposta, esta resposta, não sabe porque. Não vai ao ar. Que aqui já foi tachado de idiota, de nojento, de fracassado, de ciumento, e todos estes adjetivos, não sabe porque, eles vão ao ar. No momento que vem responder ou expressar sua opinião, sua expressão não vai ao ar. Mas além de todos estes adjetivos que é tachado, talvez isso não tenha chegado ao governo do estado, agora além destes também é onipresente. Que também consegue aqui. Gostaria que ganhasse tempo e que isso fosse ao ar. No dia 15 de março, a poucos dias atrás, alguém se dirigiu ao MP aqui de nossa comarca, dizendo que: compareceu no gabinete da promotoria de justiça da comarca de Ponte Serrada, a respeito do IC 006/2018 destinado a apurar possíveis irregularidades na aquisição de produtos pelo município de Ponte Serrada nos anos de 2017 e 2018. A pessoa declarante, ouvida de forma sigilosa, passou a relatar o seguinte: que na data de 08 de março de 2018, por volta das 20.00 hrs, viu movimentação de carros em frente a casa do senhor Ariovaldo Poletto, que fica próximo a escola Dom Vital. Sendo que no local estavam carros de pessoas conhecidas, como da servidora Mariza Lopes Pimentel, da Diretora da Escola Dom Vital Nádia Poletto, Marlon Dallorsoletta. Escrita na Palavra Livre a vereadora Rúbia, disse que não tocaria nesta assunto, mas tendo em vista que foi citada, implicitamente por um vereador que a antecedeu, quer deixar muito bem claro para a população, que R$ 3.921.761,00 é muito próximo de quatro milhões. Realmente esse valor é muito pequeno, e disse quatro milhões ficaram em caixa. Acredita que os vereadores estão subestimando a capacidade de outros vereadores, até pelas respostas vergonhosas dos Pedidos de Informações que fizeram ao Executivo, tem certeza que estão nos tratando, como palhaços. Quando pega uma resposta do Pedido de Informação para ler, não consegue acreditar que ele realmente veio desta forma. E agora mais uma vez pelas palavras que o vereador que a antecedeu disse, que o valor que ficou em caixa não foi quatro milhões foram três milhões novecentos e alguma coisa. Que vergonha, por favor não enganem a população, não enganem os vereadores, não enganem a si mesmos. Acha que querem demonstrar que fizeram alguma coisa, mas que ainda não viu onde este dinheiro foi aplicado. Que pegará uma cópia do que o vereador leu aqui, e também irá se certificar as coisas que o mesmo leu. O vereador falou, falou, mas não entendeu onde foram aplicados de fato, os quatro milhões que ficaram em caixa. Não viu melhorias, não viu investimentos, até porque se tivesse visto não teria inúmeras pessoas lhe procurando todos os dias. Falou isso com segurança, com propriedade, se precisar mostrar as conversas e os pedidos que recebe só pelo watsap, tem certeza que todos os que estão ouvindo ficariam realmente abismados. Reiterou que o vereador falou que ficaram oitocentos mil reais para pagar INSS, essa dívida realmente existia, mas esse dinheiro ficou em caixa . Disse que em um acordo de cavalheiros, o prefeito Tibe pediu ao ex prefeito Duda que não pagasse, que ele pagaria, mas esse dinheiro ficou em caixa. Fala de novo que a divida do FGTS de dois milhões, não foi contraída pela administração passada, era de 1990 à 2011, então parece que tudo é culpa da administração passada. Aos poucos vão esclarecendo, as pessoas vão percebendo, e as coisas vão aparecendo. Que não fala inverdades, ao contrário de muitos vereadores que querem disfarçar, encobrir os furos da atual administração. Esse é o fato, essa é a verdade, querem disfarçar onde aplicaram o dinheiro do povo. Que tratem o dinheiro público com seriedade, com transparência e com honestidade. A única coisa que querem é respeito. Respeito com a população, com esta casa, com todos. Não querem que venham aqui e usem palavras, pois para esta vereadora não serve para nada, o que quer saber de fato, é onde foi aplicado o dinheiro que ficou em caixa. Também tratou um assunto que teve a oportunidade de falar duas vezes com o prefeito Tibe, que é sobre a possibilidade de adaptar um dos caminhões caçambas da prefeitura para recolher os entulhos de construções, e também materiais que as pessoas queiram descartar, onde se cobra uma taxa da pessoa que tem interesse em descartar estes materiais, ficaria em frente ao local solicitado, por determinado tempo, ai a prefeitura passaria recolher estes entulhos. Sugeriu que o nosso município fizesse uma parceria com os municípios vizinhos, mas acredita que nosso município tenha uma demanda suficiente para manter este serviço. Que a adaptação de um poli guindaste custa aproximadamente quinze mil reais, e comprar as caçambas que custam em média um mil e quinhentos reais. Este serviço que pode ser prestado pelo município manteria nossa cidade limpa, dando um destino correto aos entulhos. Espera um posicionamento do senhor prefeito. O vereador Marcelo solicitou a secretaria competente, para fazer uma vistoria na iluminação pública, tem muitas lâmpadas queimadas, como no Bairro São Sebastião e outros. Que este vereador pede para estarem averiguando, e se possível estarem trocando estas lâmpadas. Parabenizou o Presidente da Sicoob senhor Abílio, que está a frente da cooperativa a muitos anos, que esteve com os vereadores Abel e Adenir na última Assembléia, onde foi um grande evento. Que hoje a Valcredi Sul tem mais de 120 funcionários, em Ponte Serrada são mais de quatro mil associados, e parabenizou os funcionários de Ponte Serrada. O vereador Adenir, disse que mais uma vez vem cobrar a limpeza na Rua Claudir Caliari, Loteamento São Miguel, é a quarta sessão que vem cobrar, uma vergonha. Se lembra do secretário Bugiu que era chamado de incompetente nesta casa, era uma pessoa boa, nunca se consegue atender todo mundo, mas sempre estava ali. Está pedindo apenas de uma rua, pois são três vereadores que moram neste bairro. Marcelo, Pavan e Freitas. É um bairro novo e enquanto não for atendido virá solicitar em toda reunião. E não é só nesta rua, várias ruas, inclusive da residência do vereador Evandro. Nem vai citar outras ruas e bairros, que são muitos. Não entende mais, o que estava errado agora é certo. Não estão sendo atendidos, vereadores e moradores. Sem falar em estradas, onde estão bem atrasados os serviços e o tempo com chuva, dificulta. A vereadora Milena cumprimentou a todos os presentes e disse que o que a traz a esta tribuna, é uma indignação. Que fizeram vários pedidos a administração municipal, para que fosse solucionado o problema do bairro industrial. Que foi esta semana novamente procurada, é triste a realidade daquele povo , daquela gente, e nada lá foi feito, e se alguma coisa lá foi feito, piorou a situação. Pelo senso comunitário, pelo senso de compromisso da Secretaria competente, deveriam no mínimo, quando alagou as casas, ter dado um parecer aquelas pessoas. Da mesma forma cobra nesta tribuna, indicações terão sempre aqui nesta casa, doa a quem doer, a estrada da Derrubada uma vergonha, da Ressaca uma vergonha. Inclusive foi procurada por motoristas, que as crianças estão correndo o risco. Da situação que se encontra aquela estrada. Que é favorável as duas indicações aqui apresentadas, a comunidade do CTG, os procuraram. Toda chuva que deu, ficaram três dias sem água. Que não podem deixar isso acontecer. Os vereadores ficam de mãos atadas, mas por favor senhor prefeito, secretaria competente, valorizem mais o ser humano de nossa cidade. Parem de vir aqui nesta tribuna querer se gabar que o negócio está feio, que dêem dignidade ao nosso povo, estradas de qualidade, precisam de mais atenção. Quanto aos aproximados quatro milhões que ficaram em caixa, isso ficou provado quando o ex prefeito Eduardo juntamente com o prefeito Tibe, falou que era um compromisso. Eduardo colocou a casa em ordem, parcelou todas as dividas ativas de nosso município, não ficou nada pendente, sabiam que se ganhassem a eleição iam ter estas dividas, agora vir aqui jogar a culpa, é muito fácil. È mais fácil achar um culpado. Que trabalhem em prol do nosso povo realmente, isso irão cobrar sempre. Quatro milhões em caixa, ano passado três suplementações aprovadas por esta casa, inclusive uma no mês de dezembro, que os funcionários públicos não iam ter pagamento porque não tinham dinheiro em caixa. E esta casa aprovou a suplementação. Está na hora de falar mais a verdade. A escola Antonio Páglia, esta semana teve a oportunidade de entrevistar o Deputado Federal Pedro Uczai, e que falou que é um compromisso dele, e que no retorno a Ponte Serrada vai vir justamente para cobrar esta obra, para ver em que situação está. Ano passado, uma suplementação foi para a escola, e pelo que vê está fraco o andamento. Pediu a população que continuem cobrando, que irão trabalhar sempre pelo bem da população. E trazer aqui críticas construtivas, a comunidade do CTG ficou três dias sem água. É um descaso, não tinha água para beber. A estrada da Derrubada que cobraram desde o ano passado, da mesma forma a estrada do CTG, a Ressaca. Que dêem um pouco mais de atenção nesta questão, não adianta só bater nas costas e dizer que está tudo bem,porque sabem que não está. Convidou a todos para a Encenação que ocorrerá na sexta feira santa, as 17.00 horas no Santuário Nossa Senhora Aparecida, Morro da Cruz. Parabenizou o Celiomar Maier e Emerson do Rosário que estão na direção dos trabalhos, é um momento muito lindo, de reflexão. O Presidente da Mesa, disse que gostaria de estar falando de olho a olho ao vereador Edivan Panizzi, que aqui sempre com seus discursos decorados, sempre dando um schow, que sempre tenta acusar, ou coagir algum vereador, ou, falar de um milhão de reais em pavimentação asfáltica, mas nada traz de novo para esta casa. O vereador sempre reclamando, no outro dia a mesma ladainha, manda mensagem reclamando da edição dos programas, mas nem sempre está aqui para ver o que realmente acontece nesta casa. Disse ao vereador se ele é onipresente, também é, porque ele citou que esta casa foi notificada pelo Ministério Público, não enquanto esteve a frente desta presidência, o MP nunca indagou nem esta presidência, nem a Mesa Diretora ou qualquer outro funcionário, quanto a edição dos programas. Até porque, embora ele não saiba, o vereador de mais tempo nesta casa, esta atribuição de divulgação e publicidade dos atos da câmara é uma atribuição do Presidente. Art. 19 , inciso V, letra a. O vereador que mais tem tempo na casa, não tem conhecimento do regimento. Que muitas vezes estas palavras dos vereadores são editadas aqui, o vereador Edivan, toda reunião tenta afrontar um vereador, hoje fez uma acusação aqui que alguém foi ao MP denunciar a ele e a outros vereadores. Ele que gosta de falar e ter provas, que venha aqui e fale na semana que vem, a quem ele estava atribuindo aquela acusação, que o mesmo foi acusado juntamente com outros vereadores. Que venha aqui e fale, não jogue a quatro ventos como ele é acostumado, um discurso decorado, que ele provoca depois não agüenta. Provoca e não tem nem coragem de ficar nas reuniões desta casa. Pediu ao assessor de imprensa que corte suas palavras. Pois estão passando até uma mensagem negativa para a população, de tanto bate boca aqui. Que ouviu o vereador Evandro gastar seu tempo, do erro da diferença dos quatro milhões que é de 1.996788, o resultado da calculadora que erraram o percentual. Onde anunciavam que era quatro milhões que ficaram em caixa e o vereador falou que era três milhões novecentos e setenta e um. Pediu desculpas do grande erro, deste equivoco. E que o mesmo falou, que apenas setecentos e poucos mil poderia ser usado em qualquer área, mas tem dinheiro vinculado na área da saúde, que pode ser comprado medicamentos, dinheiro vinculado na área da infraestrutura que também pode ser comprado combustível como fazer o motor de algum veiculo. Quando se fala aqui como o vereador falou, tem que falar com bastante segurança e bastante propriedade. Porque muitas vezes gastam o tempo, com coisas de pouca importância. Hoje ouviu o vereador Evandro falar do dinheiro que ficou em caixa, e também alguns recursos os quais eram para dar continuidade em obras, já vem falando que cada administração é uma continuidade da outra, tomara que o prefeito Tibe, chegue ao final de 2020 tendo liquidado todos os seus investimentos, é impossível com a arrecadação que está, chegar em 31 de dezembro e arredondar tudo. Mas feliz e competente aquele que consegue deixar dinheiro em caixa. Este sim, fala não só do ex prefeito Duda, mas de outros prefeitos, e espera que o prefeito Tibe consiga chegar a esta margem. De deixar obras andando, com dinheiro em caixa, dinheiro em várias áreas de nosso município. E isso que deseja, pois é algo não para o prefeito ou a vice, mas para os cidadãos de Ponte Serrada, o mandato passa rápido, termina esta legislatura vem novos vereadores, novos prefeitos, novos vices é tudo uma continuação. Vê que estes discursos decorados e repetitivos, quase toda sessão está ficando chato. A população não está gostando. E mais uma vez quer pedir aos vereadores do MDB, os vereadores que são da base do governo, o qual, se fosse prefeito e tivesse vereadores que o apóiam sempre criando confusão, não sabe se queria que fossem seus apoiadores. Que o prefeito Tibe esteve nesta casa em várias oportunidades, tentando apaziguar, fez reuniões com os vereadores, e quem cria confusão, quem que quer briga aqui na casa? Sempre os mesmos. Acha que estão tentando tirar os olhos das pessoas, das coisas que estão erradas em nosso município. Citou a questão que o MP interferiu na questão dos áudios, nunca interferiu. Mas aconteceu em nosso município. Dizer que fica satisfeito com isso. Não, é dinheiro público, é dinheiro que vai faltar na merenda escolar, em remédios, em exames, ao cidadão que precisa. Não podem tentar desviar o assunto, o foco principal. Se querem discurso decorado, dêem explicação, dêem resposta a população, do que está acontecendo em nosso município. Que neste desenrolar, tem somente passado momento ruim, que nada foi desviado, que nenhum dinheiro público foi para o ralo, que tenha sido aplicado tudo no seu devido lugar. Quer poder dar aqui esta noticia. Mas ficará triste se do contrário isto acontecer. Pediu excusas as pessoas que pela primeira vez vieram nesta reunião, mas o que se vê que se leva desta reunião muita discussão, poucas idéias. E talvez aqui um ou dois, possam denegrir a imagem desta casa. Que cada um repense seus atos, cada um tem o livre arbítrio, imunidade da palavra, mas tem que usar com responsabilidade, mais uma vez pede. Pediu ao Assessor de Imprensa que retire grande maioria de sua fala, pois não quer transmitir a população assuntos que nada levam. Reforçou o Convite para Encenação da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo a ser realizada na sexta feira santa próxima. Que é um grande evento, muitas pessoas participam, também vem pessoas de outros municípios prestigiar este momento. Nada mais a ser tratado, e nenhum outro vereador escrito na Palavra Livre, o Presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente reunião na qual Eu Tânia Maria Frighetto, redigi a presente Ata lavrada nos termos do Art. 104 da Resolução nº CM 019/90 de 14.12.1990, que após lida e aprovada será assinada pela Mesa Diretora.

APROVADA EM 02.04.2018

PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE

1º SECRETÁRIO 2º SECRETÁRIO

Publicado em: 05/04/2018
Acessos: 133
Publicado por: Tânia Maria
Facebook Twitter Google+ Addthis